Quando a criança deve começar a usar fio dental?

O uso do fio dental não está relacionado à idade. A introdução deve ser feita a partir do real contato entre dois dentes vizinhos, ou seja, a partir do momento em que existirem dois dentes unidos. Geralmente, os molares – que ficam no fundo da boca – são os dentes que mais costumam ter este contato próximo. O segundo molar nasce por volta dos 2 anos e meio e já começa a entrar em contato com o primeiro molar, que já está presente na boca um pouco antes dessa faixa etária. Qualquer fio ou fita dental podem ser usados pelos pais, pois a criança não vai conseguir passar sozinha, uma vez por dia. Os fios dentais com suporte são mais fáceis de passar nos pequenos. Conforme eles vão crescendo, os pais devem ensiná-los a passar o fio nos dentinhos da seguinte maneira: enrolar o fio nos dedos das duas mãos, depois esticar o fio curtinho, colocar uma mão dentro da boca e a outra fora e fazer movimentos de vai e vem, com o fio na superfície próxima dos dentes. Apesar dos pais ensinarem os filhos desde pequenos, dificilmente eles vão conseguir usar o fio dental sozinhos antes dos sete anos. De qualquer forma, vale lembrar que é importante fazer essa limpeza desde cedo para evitar que a cárie aconteça entre os dentes”, esclarece o odontologista Marcelo Kyrillos,odontopediatra .

 

Fonte  https://www.google.com.br/amp/s/bebe.abril.com.br/desenvolvimento-infantil/quando-a-crianca-deve-comecar-a-usar-fio-dental/amp/

por Lais Andrade

 

Renata

<p>ODONTOPEDIATRA</p> <p>Graduação Faculdade de Odontologia do Planalto Central (FOPLAC) Brasília DF – 2010<br /> Especialização Odontopediatria na Faculdade São Leopoldo Mandic (SLM – Campinas)<br /> Pós Graduação: Curso de capacitação em Odontologia intrauterina e da Primeira infância – UNESP<br /> Curso de Odontologia na Primeira Infância-Clínica de bebês – USP São Paulo<br /> Aperfeiçoamento em Endodontia SLM SP<br /> Aperfeiçoamento em Ortodontia e Ortopedia na Clínica de Odontopediatria – SLM SP<br /> Curso Intensivo de Odontologia para Bebês – Universidade Estadual de Londrina UEL<br /> Aspectos Nutricionais no Atendimento Odontopediátrico – USP</p>