O que fazer quando um dente de leite não cai?

Crianças possuem 20 decíduos, mais conhecidos como dentes de leite. Esses 20 dentinhos provisórios serão substituídos mais tarde por 32, que serão permanentes, e essa troca costuma ocorrer entre os 5 e os 7 anos de idade. Esse processo traz grandes expectativas, ansiedade, medo e insegurança, tanto por parte dos pais quanto por parte dos filhos — afinal, essa transição mostra que estes estão crescendo e não são mais “bebês”.

Porém, quando essa mudança não ocorre, é importante que os pais fiquem atentos, já que vários são os motivos que fazem os dentes de leite não caírem. No post de hoje, saiba como proceder caso isso aconteça!
O papel do dente de leite
O dente de leite existe, pois, durante a infância, a arcada dentária é menor e ainda não comportaria os dentes em seu tamanho normal. Ele é responsável por estimular o desenvolvimento dos músculos da face e dos maxilares, que crescem através da mastigação. O dente de leite age também na respiração, fonação, deglutição e no treino da mastigação.

Enquanto ele desempenha todas essas funções, os dentes definitivos são formados a todo vapor e podem até ser vistos através da radiografia da arcada dentária. Durante essa fase, não se esqueça de incentivar a criança a cuidar bem dos dentes, auxiliá-la a ter o hábito de fazer uma escovação correta e usar o fio dental. Não é porque eles cairão que devem ser deixados de lado — os dentes de leite também precisam de cuidados.

Por que o dente de leite cai?
Essa troca é essencial para o correto crescimento dentário da criança. Normalmente, o dente de leite cai devido à pressão que seu sucessor permanente exerce, destruindo sua raiz — eles ficam moles por conta dessa pressão e perdem a sustentação. O dente permanente começa a aparecer logo em seguida.

Por que o dente de leite está demorando para cair?
O processo pode demorar devido a vários motivos e dentre eles estão:

Falta de espaço para o dente permanente;
Gengiva muito fibrosa;
O dente permanente pode perder o caminho de erupção;
Falta de estímulo mastigatório do dente prestes a cair, o que é fundamental para que tudo aconteça na cronologia correta;
Inexistência do dente permanente;
Problemas emocionais da criança.
Visto a variedade de motivos, o mais indicado é que haja acompanhamento por um profissional especializado, assim ele poderá analisar quais são os reais fatores que estão influenciando na demora do crescimento do novo dente. O dentista investigará o que está acontecendo dentro do osso e, em algumas situações, é provável que seja necessária uma intervenção cirúrgica para a remoção do dente.

Os pais devem manter a tranquilidade diante do filho e não transparecer insegurança e medo. Proporcione ao seu filho momentos felizes durante a troca dos dentes, que é um episódio marcante para toda a família.

  1. Os dentes de leite podem ser removidos em casa, mas caso a criança passe por algumas das situações que acabamos de descrever, é essencial procurar um dentista.
Renata

<p>ODONTOPEDIATRA</p> <p>Graduação Faculdade de Odontologia do Planalto Central (FOPLAC) Brasília DF – 2010<br /> Especialização Odontopediatria na Faculdade São Leopoldo Mandic (SLM – Campinas)<br /> Pós Graduação: Curso de capacitação em Odontologia intrauterina e da Primeira infância – UNESP<br /> Curso de Odontologia na Primeira Infância-Clínica de bebês – USP São Paulo<br /> Aperfeiçoamento em Endodontia SLM SP<br /> Aperfeiçoamento em Ortodontia e Ortopedia na Clínica de Odontopediatria – SLM SP<br /> Curso Intensivo de Odontologia para Bebês – Universidade Estadual de Londrina UEL<br /> Aspectos Nutricionais no Atendimento Odontopediátrico – USP</p>

2 thoughts on “O que fazer quando um dente de leite não cai?

  1. Pingback: Criança com dente para frente tem três vezes mais chance de trauma - CLINICA LÚDICA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *