Não so o açúcar prejudica os dentes

 

A alimentação é um fator crucial na saúde oral. Alguns alimentos, em especial os doces, geram ácidos que atacam e enfraquecem o esmalte dentário, provocando a destruição dos dentes.

As nossas crianças nem sempre têm a alimentação mais correta e a dentição acaba por espelhar os menos bons hábitos alimentares. Resultado: é muito comum encontrar pelo menos uma lesão de cárie nas crianças até aos cinco anos.
Os pais estão conscientes que é muito importante ensinar as crianças a escovar os dentes desde cedo, mas muitos confidenciam que os filhos não escovam os dentes durante o tempo necessário. Este é um grande ponto de melhoria para os pais: as crianças devem escovar os dentes duas vezes ao dia durante dois minutos de cada vez.
Ao início, pode não ser fácil: ajude o seu filho na higiene oral (as crianças até aos nove anos devem ser vigiadas e ajudadas durante a escovagem dentária).
Mas nem só a higiene é garantia de saúde oral. Na alimentação temos certas vitaminas, em particular, o cálcio e a vitamina C que são benéficas para a constituição de dentes saudáveis. O cálcio é eficaz para ter dentes fortes, podendo ser encontrado nos produtos lácteos (leite, iogurtes,queijo) e a vitamina C está presente nas laranjas, meloa, frutos vermelhos e ainda em legumes verdes como os brócolos e espinafres.
Por outro lado, o açúcar não é o único causador direto da cárie dentária. A alimentação das crianças é importante para a saúde dos dentes mas a frequência com que se come é tão ou mais importante. Estar constantemente a ingerir pequenos “snacks”, por exemplo, aumenta o risco de caries dentárias nas crianças.
Quando os alimentos ficam depositados nos dentes durante muito tempo, as bactérias alimentam-se desses pedaços de comida e criam um ácido que destrói os dentes. Quem limpa esse ácido é a saliva que vai sendo segregada ao longo do dia. Contudo, se as crianças estiverem sempre a “petiscar”, não há tempo suficiente para desaparecer o ácido.
Além do açúcar, guloseimas, gomas e chocolate, todas as comidas com hidratos de carbono acabam por se transformar em açúcar. Ou seja, as bactérias adoram guloseimas ou simples fatias de pão!

 

Escrito por Soraia Oliveira (saúde oral) Abril 2017 |

Renata

<p>ODONTOPEDIATRA</p> <p>Graduação Faculdade de Odontologia do Planalto Central (FOPLAC) Brasília DF – 2010<br /> Especialização Odontopediatria na Faculdade São Leopoldo Mandic (SLM – Campinas)<br /> Pós Graduação: Curso de capacitação em Odontologia intrauterina e da Primeira infância – UNESP<br /> Curso de Odontologia na Primeira Infância-Clínica de bebês – USP São Paulo<br /> Aperfeiçoamento em Endodontia SLM SP<br /> Aperfeiçoamento em Ortodontia e Ortopedia na Clínica de Odontopediatria – SLM SP<br /> Curso Intensivo de Odontologia para Bebês – Universidade Estadual de Londrina UEL<br /> Aspectos Nutricionais no Atendimento Odontopediátrico – USP</p>